Laboratórios de Pesquisa da Universidade de Sorocaba

A infraestrutura do PPGPTA da UNISO inclui um conjunto de dez Laboratórios de Pesquisa e Desenvolvimento Tecnológico, equipados com recursos FINEP/FAPESP/CNPq, destinados ao desenvolvimento de projetos de pesquisa e atividades de inovação, sendo nove localizados no campus Cidade Universitária e um no Parque Tecnológico de Sorocaba, que é um grande parceiro da instituição.



LABORATÓRIO DE BIOFILMES E BACTERIÓFAGOS (PHAGELAB)

LABORATÓRIO DE BIOFILMES E BACTERIÓFAGOS (PHAGELAB): 86 m2, Processos FAPESP 2016/12234-4, 2016/08884-3 e 2013/03181-6. Equipamentos: Biofreezer Vertical, Cabine de Segurança Biológica (Classe II-Tipo B2), Sistema de Eletroforese SDS-PAGE, Autoclave Vertical, Sistema de Célula em Vidro da PermeGear (Side-Bi-Side Cell 5G-00-00-09-3.4), Sistema de ultrapurificação de água (SUpA). Nele desenvolvem-se pesquisas sobre bacteriófagos, vírus que infectam e matam bactérias, sistemas de biodetecção, sistemas antimicrobianos inovadores.


LABORATÓRIO DE BIOMATERIAIS E NANOTECNOLOGIA DA UNIVERSIDADE DE SOROCABA (LaBNUS)

LABORATÓRIO DE BIOMATERIAIS E NANOTECNOLOGIA (LaBNUS): 124 m2, localizado no Parque Tecnológico de Sorocaba, FINEP (convenio 011.301286-00)/FAPESP. Equipamentos: Viscosímetro Digital Brookfield, Texturômetro TA-XT-plus, Calorímetro (DSC-Shimadzu), Equipamentos de fluído supercrítico, Aparelho de Raios X-coluna móvel Gnatus S70, Analisador de partículas e potencial zeta, Analisador de Partícula para suspensões coloidais da marca Brookhaven, Espectrofotômetro de Infravermelho com Transformada de Fourier, SUpA. Nele desenvolvem-se pesquisas sobre: Avaliação de Substâncias Bioativas, Materiais, Sistemas Biomiméticos; Estrutura, Propriedades, Desempenho, Caracterização e Utilização da Matéria-Prima sintética ou natural, e Exploração de Biomassas oriundas de resíduos industriais e vegetação marinha.


Laboratório de Avaliação de Bioatividade e Toxicologia de Nanomateriais (LABITON)

Laboratório de Avaliação de Bioatividade e Toxicologia de Nanomateriais (LABITON): 35 m2, FINEP/FAPESP. Equipamentos: Termociclador, Espectrofotômetro fotodiodo UV-visível, Cuba de eletroforese, Fontes de eletroforese microprocessada e Biorrad, SUpA, Microscópio óptico, Microscópio óptico invertido, Incubadora de CO2, Eletroforese vertical, Autoclave, Incubadora para microbiologia, Estufa de esterilização e secagem, Banho ultrassônico. Trabalhos nas áreas de microbiologia, micologia, cultura celular e análises genéticas.


LABORATÓRIO DE FÍSICA NUCLEAR APLICADA (LAFINAU)

LABORATÓRIO DE FÍSICA NUCLEAR APLICADA (LAFINAU): 40 m2, Processo FAPESP 97/06576-7. Equipamentos: fonte radioativa de Amerício-241, emissora de raios gama; máquina de compressão instrumentalizada; picnômetro a ar; sistema para ensaios de tração; sistema tomógráfico de 3ª Geração (vinculada ao Projeto Fapesp 2012/15651-4); sistema de análise por Fluorescência de Raios-X (vinculada ao Projeto Fapesp 2012/15651-4). Nele desenvolvem-se ensaios não destrutivos para o estudo de propriedades físico químicas de materiais metálicos, cerâmicos, vítreos, poliméricos e compostos de origem natural e sintética usando-se radiações Ionizantes (raio x e raio gama).


LABORATÓRIO DE PROCESSAMENTO DE IMAGENS E SINAIS (LAPISUS)

Foi criado em 2019, localizado na Cidade Universitária, no Prédio de Apoio 4. Possui área total aproximada de 100 m2 e tem por objetivo trabalhar com imagens e sinais gerados pelo Tomógrafo Computadorizado e Microscópio Eletrônico de Varredura. Foi montado com verba da Financiadora de Estudos e Projetos (FINEP), oriunda do projeto “Expansão do Parque de Equipamentos Multiusuários para Pesquisa e Inovação Tecnológica (Chamada pública FINEP/Proinfra 02/2014 nº 01.18.0065.00), tendo como Coordenador Geral do Projeto o Prof. Dr. José Martins de Oliveira Júnior, e do Subprojeto, o Prof. Dr. Victor Manuel Cardoso Figueiredo Balcão. Principais Equipamentos:

a) Microscópio Eletrônico de Varredura (MeV) da marca Jeol modelo JSM-IT200A;
b) Estação de trabalho Dell para processamento de imagens e sinais, Tomógrafo Computadorizado e Sistema de Fluorescência por Raios-X.


LABORATÓRIO DE MATERIAIS E TECNOLOGIAS DE ENSINO (LabMaTE)

LABORATÓRIO DE MATERIAIS E TECNOLOGIAS DE ENSINO (LabMaTE) 40 m2, FINEP/FAPESP. Equipamentos: Picnômetro a gás, microscópio metalográfico e servidor. São também objetos deste o desenvolvimento e avaliação de novas ferramentas (como simuladores, programas de computador, etc.). Nele desenvolvem-se ensaios com materiais em Picnômetro a gás, microscópio metalográfico; desenvolvimento e avaliação de novas ferramentas como simuladores, programas de computador, etc.


LABORATÓRIO DE MICROBIOLOGIA INDUSTRIAL E PROCESSOS FERMENTATIVOS (LaMInFe)

LABORATÓRIO DE MICROBIOLOGIA INDUSTRIAL E PROCESSOS FERMENTATIVOS (LaMInFe): 40 m2, Processo FAPESP: 2016/05930-4. Equipamentos: Balança analítica, agitador magnético, mini-incubadora para B O D, incubadora shaker de bancada refrigerada, laboratório em processo de estruturação. Nele desenvolvem-se estudos sobre a produção de membranas de nanocelulose, produção e purificação de biomoléculas de interesse em diversos segmentos industriais (biotecnológico, ambiental, alimentício, farmacêutico).


LABORATÓRIO DE PESQUISAS EM TOXICOLOGIA (LAPETOX)

LABORATÓRIO DE PESQUISAS EM TOXICOLOGIA (LAPETOX): 205 m2 com duas unidades: Ensaios Biológicos para Segurança de Medicamentos e Biotério de Experimentação Animal. FINEP (convenio 10.0659.00) e FAPESP (processos 2015/245669 e 2016/228734). Equipamentos: estufa bacteriológicas, Fluxos laminares (classes A1 e B2), Incubadoras de CO2, fotomicroscópio trinocular óptico invertido, fotomicroscópio trinolocular, banho ultrassônico, biofreezer vertical, sistema de cromatografia líquida de alta pressão, sistema de rotaevaporação, balanças analíticas, equipamento para hematologia (XS1000 – Roche), equipamento para Bioquímica (Cobas C111 – Roche), Leitor de microplacas (fluorímetro, luminômetro, fotômetro), Sistema de liofilização, Espectrofotômetro UV/vis, Caneta ultrassônica, racks ventilados multiespécies duplo e simples com mini-isoladores, processador de tecidos automatizado, micrótomo.


LABORATÓRIO DE PROPRIEDADES TERMOFÍSICAS (LPT)

LABORATÓRIO DE PROPRIEDADES TERMOFÍSICAS (LPT): 40 m2, FAPESP. Equipamentos: usados para medir condutividade térmica e difusividade térmica de materiais sólidos, líquidos ou pós e também realizar alguns processamentos simples de cerâmicas e metais. Nele desenvolvem-se pesquisas sobre materiais sólidos, líquidos ou pós, e suas propriedades térmicas e físicas.


LABORATÓRIO SEMI-INDUSTRIAL FARMACÊUTICO (LIF)

LABORATÓRIO SEMI-INDUSTRIAL FARMACÊUTICO (LIF): 49 m2, FINEP (convenio 01.13.0286.00). Destinado à pesquisa e ao ensino nas áreas de desenvolvimento, processos e transposição de escala de formas farmacêuticas condensadas, plásticas e líquidas.


STHEMDA LAB

STHEMDA LAB: 300m2, laboratório interdisciplinar de inovação voltado para dar suporte a todos os cursos no desenvolvimento de projetos e protótipos, equipado com impressoras 3D, injetoras e extrusoras plásticas, estufas/secadoras, máquina de corte a laser, máquinas CNC, tornos, furadeiras e fresas industriais, além de espaços para aulas e reuniões; inaugurado em 2019 com recursos da instituição e alguns equipamentos cedidos pelo Centro de Tecnologia da empresa Walter AG.